Haroldo Jacobovicz | Liderança e reputação: o líder precisa assumir responsabilidade na construção da reputação da empresa!

Liderança e reputação: o líder precisa assumir responsabilidade na construção da reputação da empresa!

Haroldo Jacobovicz
3 min readOct 26

--

Recentemente dediquei uma manhã inteira de sábado a uma sessão de fotos e vídeos que serão utilizados para divulgar a Arlequim Technologies, empresa que fundei no fim de 2021 junto com minha sócia, Noeli Isfer, e o CEO, Mauricio Montilla. Esse tipo de compromisso e disponibilidade fazem parte da agenda da liderança porque emprestamos para a empresa a nossa imagem e vice-versa o tempo todo. Essa agenda diferente na minha rotina me fez pensar sobre uma das lições básicas do mundo corporativo.

A credibilidade de uma empresa vai muito além da propaganda que faz, ela depende da boa reputação que constrói no mercado. E essa reputação reflete vários fatores: as percepções positivas e negativas causadas por produtos e serviços da empresa; as condições de trabalho que ela proporciona aos seus funcionários; a forma como ela trata seus clientes; seu relacionamento com a comunidade em que está inserida; sua participação ativa em causas sociais e ambientais; só para citar alguns.

Mas além desses fatores, a boa reputação da empresa é diretamente associada aos seus líderes!

O que esses líderes empresariais pensam sobre determinados assuntos, o que eles fazem durante e depois do horário comercial, como tratam as pessoas dentro e fora de seu círculo de convivência, quais causas apoiam, o que consomem, no que acreditam e quais contribuições trazem ao mundo.

Sabe aquela frase popular que diz “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”? Definitivamente, ela não cabe no mundo corporativo — pelo menos não quando se ocupa uma posição de liderança. Muito mais do que discursos impactantes, um líder precisa ser exemplo!

Além de competente, é preciso transmitir confiança tanto para colaboradores quanto para os clientes. Um líder precisa ser referência de valores e ações, especialmente nos momentos de turbulência — porque, sim, crises sempre vão existir, por melhor que seja a gestão de um negócio e, nesses momentos, a boa imagem do comandante vai ser essencial para recuperar a estabilidade.

A confiança nos produtos e serviços de uma companhia, na marca e nos líderes que a representam é um dos ativos mais valiosos para o crescimento de um negócio. Isso atrai boas — e grandes — parcerias e, principalmente, o respeito, a credibilidade e a fidelidade do público. A boa reputação torna uma empresa infinitamente mais competitiva.

Portanto, é fundamental para o líder entender o tamanho da sua responsabilidade quando assume esse papel — seja em uma empresa pequena, de grande porte, nacional ou multinacional. Por experiência própria, como líder empresarial há mais de 30 anos, posso afirmar que essa função exige consciência plena de sua influência na construção da imagem do negócio. Ou seja, consequentemente, suas falas, opiniões, comportamento e atitudes afetam a reputação da empresa, para o bem e para o mal. E essa é, sem sombra de dúvidas, uma das maiores responsabilidades da liderança.

--

--

Haroldo Jacobovicz

Engenheiro Civil, Empresário e Investidor Brasileiro. Fundador da Arlequim Technologies S/A | Curitiba, Paraná Brasil | http://haroldojacobovicz.com.br/